CertAroma

A Certificação Nacional em Aromaterapia – CertAroma estabelece, de forma auto-regulamentada, a formação livre mínima do aromaterapeuta profissional no Brasil.

É um documento elaborado pela ABRAROMA – Associação Brasileira de Aromaterapia e Aromatologia e compreende os seguintes itens:

  • Áreas de competências do aromaterapeuta profissional, ou seja, do profissional que presta atendimentos em saúde integrativa e complementar com aromaterapia;
  • Grade Curricular da formação livre do aromaterapeuta profissional;
  • critérios de Avaliação Final da conclusão da formação profissional livre em aromaterapia;
  • critérios de Validação e Comprovação da formação profissional livre em aromaterapia.

A CertAroma se complementa com o Código de Ética Profissional, documento de adesão e concordância obrigatórios quando o aromaterapeuta adquire o status de membro filiado à ABRAROMA.

A obtenção da CertAroma é facultativa e voluntária por parte do aromaterapeuta profissional, uma vez que o exercício e formação em aromaterapia são livres atualmente no Brasil.

A CertAroma ainda está em fase de elaboração. Sendo assim, como membro filiado, a oportunidade que você tem é de contribuir para a elaboração deste documento e, ao mesmo tempo, já se adiantar na sua própria documentação, que deverá ser entregue quando requerê-la.

Um texto preliminar da CertAroma, no entanto, foi apresentado durante transmissão ao vivo no dia 29 de maio de 2018 na página da ABRAROMA no Facebook. Resumidamente, a CertAroma será um certificado concedido ao aromaterapeuta profissional que comprovar ter tido uma formação composta por:

  • 260 horas de aulas teóricas e práticas. A CertAroma proporá uma distribuição de carga horária por disciplinas obrigatórias e disciplinas opcionais.
  • 140 horas de estágio com atendimentos e de estudos e pesquisas para escrita e entrega do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC.

Mas é importante frisar que a CertAroma será implementada em duas etapas, uma para cada momento:

Momento 1 – adaptação do mercado à CertAroma

Relativo ao momento em que a CertAroma começar a ser implementada, estimado para o final de 2018 e início de 2019, e se estendendo até final de 2019 ou metade de 2020.

No Momento 1, não temos cursos no Brasil estruturados em torno das 400 horas proposta pela CertAroma. Por isso, todos os filiados que requerem a CertAroma terão que comprovar esta carga horária através dos mecanismos abaixo:

  • coleção de certificados que comprovem 260 horas de formação e cursos;
  • documento escrito relatando o atendimento de no mínimo 3 pessoas diferentes, que não sejam parentes de 1º grau, por no mínimo 4 sessões;
  • documento escrito equivalente a um TCC;
  • obtenção de média em Avaliação Final, que será uma prova online de múltiplas escolhas que o requerente à CertAroma deverá prestar.

Os critérios e normais dos mecanismos acima já estão em discussão final e a expectativa é de que sejam divulgados após setembro de 2018.

Momento 2 – o mercado está adaptado à CertAroma

Relativo ao momento em que a ABRAROMA certificar cursos e escolas, que oferecerão uma formação livre profissional com o selo CertAroma. Prevê-se que isso ocorra a partir da metade de 2020.

No Momento 2, além de termos profissionais que terão feito suas formações livres em cursos e escolas as mais variadas, também teremos profissionais que estarão fazendo sua formação livre em cursos e escolas com o selo CertAroma. Por conta disso, a CertAroma será concedida de duas formas:

  • pelos mecanismos citados acima no Momento 1; e
  • pelos mecanismos que serão pertinentes aos próprios cursos com selo CertAroma.

A discussão sobre como cursos e escolas poderão ser certificados com o selo CertAroma estarão a cargo da nova diretoria, que será eleita em setembro de 2018. Não há nada ainda estabelecido.

Em breve poderemos divulgar neste site as regras completas para o filiado que quiser requerer sua CertAroma no Momento 1. Se você já for um membro filiado, coloque o email abraromanova@gmail.com entre seus contatos para garantir o recebimento de novas disposições sobre o tema e participar das discussões.